Notícias

06/03/2018 09:05

Dia da Mulher: tempo de luta pela democracia e por direitos

Celebrado em 8 de março, o Dia Internacional da Mulher representa a oportunidade de a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação/CNTE reiterar o compromisso com as professoras e profissionais que lutam pela manutenção de direitos e por uma sociedade democrática. A instituição, nessa data, dará apoio e voz às reivindicações das mulheres com o lançamento da edição nº 16 da Revista Mátria e a participação nas mobilizações pelo país, em agenda conjunta com entidades, movimentos e associações sindicais.

Dentre os desafios pela equidade nos espaços de representação política, garantia de serviços de qualidade e combate ao racismo e à violência, as educadoras se unem às demais categorias a favor da emancipação e do empoderamento femininos. Temas prioritários nas pautas da Confederação, que conquistou vitórias significativas frente às adversidades das ações antis-sociais do governo golpista de Temer. “Temos que valorizar a Piso Salarial Nacional da categoria, a inclusão do debate de gênero no currículo, em temas transversais, a participação em conselhos deliberativos e a aposentadoria especial”, relembra Isis Tavares, secretária de Relações de Gênero da CNTE.

As batalhas, na visão da educadora, no entanto, continuam, frente às recentes medidas antidemocráticas implementadas no Brasil, como o congelamento de verbas públicas, a terceirização e as reformas trabalhista, da previdência e do ensino médio. “Somos 2 milhões de trabalhadores e trabalhadoras em atuação na educação pública. Quase 90% são mulheres, nas séries iniciais, que precisam ser reconhecidas na formação e no trabalho de relevância social que desempenham”, relembra Isis.

revista matria 2018A secretária também é a coordenadora da Revista Mátria, publicação de referência sobre o universo feminino, com matérias, entrevistas e artigos que promovem debates acerca do cenário atual e caminhos para o diálogo, denúncia, enfrentamento e boas práticas na luta diária pela equidade de gênero. O novo número será lançado, nesse 8 de março, nas entidades filiadas, com o objetivo de gerar reflexões entre professores, professoras e estudantes. Além disso, estará disponível, na versão digital, no site da CNTE.

Mobilizações

No Dia Internacional da Mulher, Fátima Silva, secretária geral da CNTE, e Isis Tavares participarão do Seminário da Mulher Educadora - "Sonhar, Lutar e Transformar”, na Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul (Fetems). Elas abordarão, nas palestras, respectivamente, os temas “Os desafios para as mulheres na conjuntura atual no Brasil, na América Latina e no mundo” e “As políticas e os desafios da CNTE para a construção da igualdade de gênero na educação e na sociedade”.

A Confederação apóia, ainda, dentre as mobilizações, a do Fórum Nacional das Mulheres das Centrais Sindicais, que se somará aos demais protestos em defesa de direitos e da democracia. Para as mulheres é fundamental denunciar as irregularidades praticadas pelo executivo e legislativo.


SEDE DO SINTEP-VG

Redes Sociais

Sintep VG

SINTEP/VG - Travessa Pedro Pedrossian, n.º 27
Bairro Centro - Aeroporto CEP. 78110-355
Fone 3682.2263
sintepvg@terra.com.br
contato@sintepvg.org

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo